Buscar

O trabalho remoto veio para ficar?



Percebemos que podemos ser mais produtivos e evitar muitas deslocações e reuniões que, entendemos agora, serem desnecessárias.

Mas para garantir a eficiência no trabalho remoto existem algumas práticas que colaborador e empregador têm que assegurar:

10 práticas para os colaboradores assegurarem a produtividade em ambiente de trabalho remoto

1. O equipamento certo

Por forma a assegurar as funções fora do seu ambiente de trabalho normal precisa ter o equipamento básico:

  • Laptop ou computador

  • Acesso à Internet estável e confiável

  • Acesso remoto seguro à rede / intranet da empresa

  • Acesso a emails corporativos

  • Salas virtuais para meetings (videoconferência online)

  • telefone comercial

2. Designar um espaço para o trabalho

Isto não significa que seja preciso criar um espaço de escritório em casa, mas ter uma área que possa ser usada apenas para fins de trabalho.

Tornar o espaço convidativo e confortável e tentar mantê-lo longe de qualquer forma de distração, como a televisão ou o espaço dos mais pequenos.

3. Defina o horário de trabalho

Um dos aspectos mais difíceis de trabalhar remotamente é a concentração e foco na tarefa. Existem muitos fatores de distração.

Portanto, definir um horário de trabalho rígido e assegurar que se desliga de todas as fontes de distração, garantindo que se concentra no trabalho que precisa ser feito é essencial.

4. Estruturar o dia de trabalho, planear quais as tarefas prioritárias e quanto tempo é necessário para cada tarefa.

Programar também a tempo de pausas, como faria no escritório, para permanecer produtivo e pronto para começar o próximo desafio.

Entenda a diferença entre eficiência e produtividade

Sem uma estrutura definida, é fácil distrair-se e o tempo de trabalho acaba por consumir o tempo dedicado a amigos e familiares e atividades de lazer.

5. Comunicação clara e assertiva

Quando trabalha remotamente pode perder-se informação mais facilmente que num contexto pessoal, o que significa que mais esforço deve ser colocado na comunicação como um todo.

O trabalho remoto tem muitas vantagens, mas a comunicação sem esforço não é uma delas

É benéfico se for suplementada a comunicação por e-mail ou texto com interações frequentes online e offline (videoconferências, telefonemas)

A videoconferência e a fala ao telefone ajudam a transmitir o tom da voz e da linguagem corporal, fundamentais para que a comunicação seja eficaz e é fundamental usá-la para trabalhos mais sérios e profundos.

Se não entende claramente uma mensagem, deve esclarecer os requisitos regularmente, para que tenha com o empregador a certeza que estão na mesma linha de pensamento.

6. Use a flexibilidade com sabedoria

Sempre que tiver um trabalho com prazo especificado, poderá aproveitar as horas em que sabe que é mais produtivo - esta é a beleza da flexibilidade.

Se a relação laboral remota pressupuser estar disponível para comunicar em tempo real durante o horário comercial, então é algo que deverá assegurar como faria no escritório, por forma a garantir que a relação de trabalho não é beliscada.

7. Acompanhe seu progresso

Existem aplicativos disponíveis online que rastreiam o trabalho realizado e são inibidores da procrastinação. No entanto numa relação trabalho saudável o colaborador deve ser responsável e é mais produtivo ter autonomia no seu trabalho, garantindo a confiança do empregador cumprindo os períodos de trabalho com que se comprometeu.

8. Evite distrações

Sem colegas ou chefes por perto é fácil desfocar-se e distraír-se, daí a importância do horário de trabalho estruturado como se estivesse na empresa, disciplinando o contato com familiares e amigos no horário expediente definido.

9. Assuma a responsabilidade

Se não conseguir concluir alguma tarefa ou trabalho remotamente, seja responsável e transparente.

Comunique quaisquer problemas que se deparar imediatamente com a hierarquia, cliente ou equipe para que possam encontrar uma solução conjunta ou alocar recursos extra, se necessário.

Às vezes, pode mesmo ser preciso estar no escritório para concluir determinadas tarefas e tudo bem.

Trabalhar remotamente nem sempre permite concluir todos as tarefas que tem em

mãos; portanto é importante decidir quais os dias que requerem algum tempo na empresa.

10. Faça pausas

É importante fazer pausas no trabalho para aumentar a produtividade.

Em casa não tem pausas obrigatórias ou bem definidas para almoço ou o tempo fora da secretaria que o desanuvie e deixe pronto para o próximo desafio, por isso é importante agendar esse horário.



10 práticas para os empregadores liderarem colaboradores remotos

1. Defina expectativas claras

Com o trabalho remoto, deixando a cargo do colaborador o controle da estrutura do dia de trabalho, cabe ao empregador, tornar as expectativas claras.

Idealmente, deve responder às seguintes perguntas para que o colaborador saiba o que lhe é exigido:

  • Tarefas urgentes a serem cumpridas e priorizadas na semana

  • Objetivos gerais daqui para frente

  • Com quem entrar em contato se surgirem problemas

  • Quantas horas por semana devem trabalhar

  • Quanto trabalho por dia / semana devem concluir

  • disponibilidade do líder e como pode ser contatado

A melhor maneira de garantir o entendimento é fazer perguntas direcionadas ao objetivo e que trabalham para o mesmo.

2. Monitorize o progresso regularmente

É uma boa prática da gestão monitorar regularmente o progresso em qualquer projeto desenvolvido por colaboradores ou por equipa remota, para que se possa precaver problemas e garantir eventual suporte ou apenas para acompanhar a progressão dos trabalhos.

Clareza é o caminho para resultados sólidos

Ter a capacidade de estar presente e falar com os colaboradores quando não estão fisicamente no escritório, regularmente, agendando, diaria ou semanalmente esses momentos.

3. Software de Gestão de RH

Ter a tecnologia de RH implementada fornece um suporte extra fundamental aos colaboradores remotos.

Metade dos empregadores não estabelece metas efetivas para os colaboradores

Os relatórios precisam de ser executados, os objetivos precisam ser definidos e rastreados, e é tão simples quanto arbitar que assegurem esses registos em tempo real.

4. Interaja Efetivamente

A motivação dos colaboradores é a chave para um ambiente de trabalho feliz e produtivo

Ao interagir com os trabalhadores remotos, mantê-los atualizados sobre as notícias da empresa e dar feedback dos projetos que realizaram aumenta a produtividade e, embora os trabalhadores remotos tendam a ser mais independentes e autónomos, ainda assim gostam de ser reconhecidos e sentir que contribuíram para o resultado.

5. Confie no trabalhador

Em vez de “microgerir“ os colaboradores remotos, inadvertidamente indo contra o que desejam num equilíbrio mais flexível entre vida pessoal e profissional, precisa confiar que a equipa conclui as tarefas que foram designadas da melhor maneira possível dentro do tempo necessário.

Se problemas de confiabilidade e confiança surgirem do trabalho remoto, vale a pena conversar sobre se o trabalho remoto atende às necessidades individuais e da empresa, abordando a questão como qualquer outra de desempenho.

6. Partilhe os resultados

Num ambiente remoto, trabalhando em casa, é fácil para o funcionário sentir-se isolado.

Como empregador, está mais ciente de como o trabalho de cada pessoa afeta os objetivos organizacionais de longo prazo e, portanto, isso é algo a partilhar abertamente.

As expectativas assumem muitas formas

Auxílios visuais, mostrando à equipa o vínculo entre o que fazem remotamente e o progresso das metas de negócios, cria uma compreensão abrangente do impacto que têm sobre a empresa e aumentará significativamente a produtividade e a satisfação dos colaboradores.

7. A comunicação é uma via de mão dupla

Ser um ótimo comunicador é importante, independentemente da função e na relação de trabalho entre o empregador e o colaborador remoto, ambas as partes precisam ter técnicas de comunicação eficazes para que isso seja benéfico.

O envolvimento dos colaboradores não pode ser alcançado por uma abordagem mecanicista

A comunicação não é apenas importante para criar, manter e celebrar objetivos e cultura da empresa, mas mantém o trabalhador remoto envolvido como parte da equipa.

O software de gestão de RH pode ajudar na comunicação, pois o empregador ou o trabalhador remoto podem aceder ao sistema a partir de qualquer local em que estejam, com uma conexão segura à Internet.

8. Peça feedback

Para garantir que o trabalhador remota esteja alinhado com a equipa, projetos e objetivos da empresa e a qualquer interação, o feedback 360 é uma ótima ferramenta para implementar periodicamente.

Isto pode ser facilmente implementado com o software de RH, para que possam contribuir e visualizar a partir do local em que estão a trabalhar e ver quais objetivos definidos como resultado do processo de revisão.

9. Seja transparente

Ainda na mesma linha da comunicação, ser aberto e transparente com a equipa remota ajuda a tirar o melhor proveito do trabalho de equipa.

Como os funcionários remotos precisam organizar e gerir a sua própria carga de trabalho e priorizar as horas que mais lhes convém, ser transparente no caso de surgir algum problema oferece ao trabalhador a oportunidade de resolver o problema ou solicitar mais suporte.

10. Dê exemplos de como gosta do trabalho executado

Explique à equipe remota como realmente gosta de ver o trabalho.

Se prefere atualizações regulares a atualizações semanais, explique-as.

Se há coisas prioritárias, como empregador deve explicar isso e o trabalho delas deve garantir que sejam cumpridas com estes requisitos.

Se não explicar devidamente como deseja que o trabalho seja desenvolvido, não poderá esperar que o trabalhador remoto atenda às suas expectativas.


0 visualização
SUBSCREVA A NEWSLETTER

©2020 Ana Gaspar Todos os direitos reservados       Cookies       Política de Privacidade