BUSINESS COACHING

Criei a metodologia Business Inner Strenght a pensar nas necessidades reais dos empresários, e dos gestores de startups

e de pequenas e médias empresas. Um método centrado na evolução das pessoas e dos negócios de dentro para fora.

 

Acredito que só dessa forma é possível potenciar eficazmente o desempenho de líderes, das suas equipas e o crescimento

das empresas.

Uma abordagem única em Portugal, que resulta da integração de quatro vertentes. Técnicas e ferramentas de Coaching

e da Programação Neurolinguística (PNL). Inspiração no conceito IKIGAI que incentiva as pessoas manterem-se ativas

e a encontrarem o seu propósito, e no conceito de Ambiente Colaborativo que promove a evolução através da interação

e da partilha entre pessoas.

 

Qual é o objetivo do modelo Business Inner Strenght?

Este modelo holístico propõe transformar o propósito das empresas, promover a realização pessoal e profissional dos empresários e contribuir para a prosperidade dos negócios, das famílias e da comunidade em geral.

Como funciona?

A metodologia “Business Inner Strenght” propõe obter o estado centrado, de equilíbrio, que potencia a evolução e o sucesso das Empresas e das Organizações: a Força interna dos Negócios.

São 4 dimensões que trabalham de dentro para fora, num ciclo virtuoso e se cruzam e harmonizam num ponto central:

a essência e o cerne do negócio.

É a dinâmica e o trabalho integrado entre estas 4 dimensões que tem o poder de ativar e melhorar a performance das empresas.

A dimensão “Superior” prende-se com o propósito, a razão de ser, a existência da empresa e do negócio. Encontra resposta para as questões “O QUÊ” e “PARA QUÊ”. Nesta dimensão, estamos a falar do plano estratégico da empresa: a Visão, a Missão, Cultura, Valores, Comportamentos, Ações, Objetivos e Metas.

A dimensão “Base”, estrutural, remete para a sustentabilidade da empresa. Dá resposta ao “COMO” e “ONDE”. Neste Plano Operacional falamos de Processos e Operações, Métodos e Procedimentos, Tarefas e Recursos Materiais.

As duas dimensões “Centrais” funcionam de “Dentro para Fora”. Internamente existem as competências e as forças da empresa, aquilo que a diferencia da concorrência. Nesta esfera, estamos a falar da Proposta de Valor, Garantia, aquilo que

a torna única e diferenciadora; exteriormente, existem as forças externas, o mercado, clientes, consumidores e stakeholders do negócio. Neste plano estamos a falar de Posicionamento de Mercado da empresa (Plano Marketing e Comunicação)

 

É neste ciclo virtuoso, que “trabalha” de dentro para fora, com sentido de Missão/Visão, que sabe “O Quê” (uma equipa alinhada que sabe “onde vai”) e “Para quê” (que funciona/trabalha “per si”) e bem sistematizada que compreende “Como” (operacionalizar, ser produtiva e competitiva) e “Onde” (oferta orientada para o mercado) que encontramos o “Kernel” ou “Core” da empresa e do negócio. “

4 DESAFIOS COLOCADOS ÀS EMPRESAS QUANDO

AS 4 DIMENSÕES DO MODELO “BUSINESS INNER STRENGTH”

NÃO ESTÃO ALINHADAS

1)

Quando está presente a dimensão estratégica, e mesmo estando asseguradas as dimensões centrais

(a diferenciação e o posicionamento

de mercado), mas não é dada a devida atenção à dimensão operacional.

Há uma intenção, mas não existem resultados. A ausência de

consistência nosprocessos, métodos

e operações, gera ineficiência,

desgaste e desperdício dos recursos, quer humanos, quer materiais. Não

há geração de riqueza e o negócio

torna-se insustentável.

2)

A empresa tem os planos estratégico

e operacional, e mesmo existindo

diferenciação, se a empresa

não dá a devida atenção à esfera

central externa, posicionamento de mercado, a empresa é funcional,

mas está centrada nela própria

e tende a tornar-se obsoleta.

3)

A empresa tem plano operacional,

e estão presentes as esferas centrais, interna e externa (diferenciação

e posicionamento de mercado), mas

não existe plano estratégico.

A empresa está focada nos processos

e operações, no curto prazo, nas

tarefas dia-a-dia, tornando-se

reativa. Negligencia o todo,

o longo prazo, e não é proactiva. Está

na zona de conforto e não promove ativamente a criatividade

e a inovação. Tende a gerar equipas desalinhadas e desmotivadas.

4)

A empresa tem os planos estratégico

e operacional, tem presente a esfera externa (o posicionamento

de mercado), mas não aposta nas

suas competências internas, na sua diferenciação face à concorrência,

pelo que existe a tendência de

concorrer pelo preço, o que não

é sustentável para o negócio.

KERNEL MODEL

Programa de business coaching baseado no método Business Inner Strenght com a duração de 24 semanas. O futuro será daqueles que investirem na colaboração, criatividade e na partilha, para inovar e oferecer soluções diferenciadas. Com base neste pressuposto, numa primeira fase o Kernel Model pretende potenciar a motivação, a produtividade e a eficiência, através de um ambiente colaborativo que contempla três níveis:

• Cultura

• Comportamentos

• Sistemas

Ao trabalhar estas três dimensões de forma integrada será criado um ambiente propício à colaboração entre equipas. Como resultado das dinâmicas de partilha de conhecimento e experiência surgirão novos estímulos que irão influenciar a criatividade e a inovação da empresa. Dois fatores-chave que contribuem para a sua diferenciação e para o seu crescimento. A segunda fase consiste em canalizar os resultados deste processo para o nível inferior e exterior da organização. Comunicar ao mercado os novos processos, produtos, serviços e estratégias que foram desenvolvidos.

Para quem?

Este programa foi especificamente criado para pequenas e médias empresas com um nível

de maturidade intermédio ou avançado. Organizações com uma estrutura humana composta

por várias equipas. Necessitam de reforçar a coesão entre os seus colaboradores e aumentar

o nível de competitividade no mercado.

CORE MODEL

Programa de business coaching baseado no método Business Inner Strenght com a duração

de 12 semanas. O seu objetivo é apoiar organizações, facilitar processos e reforçar o seu fator

de diferenciação no mercado.

 

Atua de forma integrada no nível superior e interior (visão e missão) alinhando a cultura da empresa e no nível inferior e exterior (plano financeiro e plano de marketing) transmitindo

ao mercado os fatores de diferenciação e a proposta de valor da empresa.

Para quem?

Este programa foi especificamente criado para pequenas e microempresas e startups.

Organizações com uma estrutura humana composta por uma pequena equipa de colaboradores. Procuram incrementar a sua proposta de valor e consolidar o seu lugar mercado.

SESSÕES DE COACHING INDIVUDUAL

Processo one-to-one direcionado para pessoas que pretendem reforçar o seu poder individual

e alcançar objetivos específicos no contexto profissional.

Após a sessão inicial de diagnóstico será criado um plano de sessões personalizado com

objetivos e o respetivo plano de ação.

 

Marque a sua sessão de diagnóstico

 

SUBSCREVA A NEWSLETTER

©2020 Ana Gaspar Todos os direitos reservados       Cookies       Política de Privacidade